Carrinho - (0) Item

Nenhum produto no carrinho.

Pena Store

Article image

Segunda etapa do Circuito ASN 2016

campeonatos 199 Dias atrás

A Associação de Surfe de Niterói mantém sua tradição em fazer eventos bem organizados, e nos dias 8 e 9 de outubro realizou no canto da pedra do Pampo mais um campeonato em alto astral na praia de Itacoatiara.

O primeiro dia de disputas da segunda etapa do Circuito ASN 2016 teve ondas de um metrão e ondulação de sudeste. As condições estavam difíceis, mas os melhores atletas do Estado do Rio de Janeiro quebraram as ondas em busca da premiação distribuída. No domingo o vento sudoeste também trouxe uma influência na ondulação, e algumas ondas triangulares passaram a entrar no canto do Pampo.

A presença de competidores de todo litoral fluminense, de Paraty até São João da Barra, além de surfistas do Estado do Ceará, elevou muito o nível técnico do evento. O maior contingente de visitantes veio de Búzios, e eles mantiveram a invencibilidade na categoria Open.

A Puro Suco disponibilizou uma farta mesa com frutas diversificadas, o que garantiu energia e alimentação saudável para todos os competidores.

Um dos destaques do evento foi o Cauã Costa. O local da praia de Icaraí em Caucaia, Ceará, está morando no Recreio dos Bandeirantes para aprimorar sua técnica nas ondas cariocas, além de ser atleta patrocinado pela Pena. Ele manobrou com muita pressão e precisão para se tornar o campeão da Iniciante e da Mirim.

OPEN

Tomaz Alvarez foi o vitorioso da categoria Open, manteve a hegemonia para a Região dos Lagos e faturou um final de semana na Pousada Itamambuca Casa de Praia. O niteroiense Guilherme Sodré ainda teve uma última chance no minuto final, mas bateu na trave e ficou em segundo. Com essa colocação ele chegou a liderança do ranking com 1629 pontos, empatado com o buziano Guilherme Lopes, que terminou em quarto nesta etapa. O representante do Norte Fluminense, Deyvison Ferreira, completou a decisão em terceiro.

Na batalha pelo prêmio de 10 dias de hospedagem no Ulau Manua Resort, que agora se chama Hidden Bay Resort Mentawai, Theo Fresia tem 1466 pontos e Zuriel Ivan tem 1282. Ambos se mantém com chances para chegar no topo do ranking.

JUNIOR

O saquaremense Daniel Templar foi o campeão Junior, assumiu a ponta do circuito com 1810 pontos e passou a liderar a disputa pela passagem para a Indonésia, oferecida pela Qatar Airways. O carioca João Jacques encontrou um boa direita e aplicou três manobras para ficar em segundo. Daniel Domingos do Recreio foi o terceiro, e surfista local, Paulo Renato, ficou em quarto. Kedian Zamora e Danilo de Souza pararam na semifinal, e estão na cola do líder, respectivamente, com 1556 e 1531 pontos.

MASTER

O carioca Alexandre Almeida “Dadazinho” garantiu o bicampeonato neste ano com mais uma vitória na Master. Deyvison Ferreira veio de São João da Barra e não perdeu a viagem. Participou de duas finais e foi o vice entre surfistas acima de 35 anos. O competitivo Milton Morbeck tentou uma reação, mas terminou na terceira colocação. E Eduardo Gonçalves finalizou em quarto.

MIRIM

Todos os quatro surfistas da decisão da Mirim surfaram muitas ondas, o que deixou a disputa bastante equilibrada. Cauã Costa exibiu muita técnica e força em suas manobras e foi o grande campeão. Daniel Templar ficou em segundo na etapa e assumiu a ponta do ranking com 1900 pontos. Paulo Renato começou na frente mas foi ultrapassado e terminou em terceiro. Bernardo Ribeiro de Arraial do Cabo aplicou boas batidas, mas pelo nível apresentado na final fechou sua participação na quarta colocação.

INICIANTE

Cauã Costa aplicou duas pancadas em uma direita e liderou a bateria do início ao fim, garantindo mais uma vitória em Itacoatiara. Daniel Templar é a principal revelação de Saquarema e uma das esperanças do recolocar o surf fluminense no cenário nacional e mundial. Ficou com mais um vice e agora ele e o cearense estão com os mesmos 1900 pontos na disputa pelo título da temporada. Valentino Belga está de patrocínio novo, motivado e evoluindo a cada campeonato. Terminou em terceiro e ocupa a mesma posição no ranking com 1620 pontos. Kalany Ratto de Búzios arriscou bastante e finalizou em quarto.

INFANTIL

Já na Infantil, uma das promessas do surf niteroiense, Pedro Henrique Canero, garantiu a única vitória para Niterói. Diego Templar quase conseguiu a virada, e com a segunda colocação está empatado com Pedrinho com os mesmos 1900 pontos. Kalani Ignácio, que tem patrocínio da Star Point, saiu de Trindade em Paraty e botou pra baixo nas ondas do Pampo para ficar em terceiro. O carioca Leoni Cardoso completou a decisão em quarto.

Na entrega dos prêmios o presidente da ASN, Renato Bastos, agradeceu a todos pelo sucesso de mais um evento, e falou da importância que sejam realizados campeonatos por todas as associações do Estado do Rio de Janeiro, que promovam integração e elevem o nível dos competidores das categorias de base.

A data da terceira etapa ainda está indefinida devido ao calendário da FESERJ, mas após a decisão da direção da associação, informaremos os dias da terceira e última etapa do Circuito ASN 2016, que decidirá os grandes campeões do ano.

O Circuito ASN 2016 tem patrocínios da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Puro Suco, Star Point, Pena, Hot Buttered, Ulau Manua Resort Mentawai, Qatar Airways, Unimed Leste Fluminense, Pousada Itamambuca Casa de Praia, Pão e Etc, Hillstone, André Cebola Shaper e Pranchas Bou.

Por João José Macedo

Fotos: Guilherme Milward / ASN

Divulgação ASN Biênio 2015/16

www.asn.org.br

www.facebook.com/asn.org.br

Comente

Continue conectado