Carrinho - (0) Item

Nenhum produto no carrinho.

Pena Store

Article image

João Vitor Chianca vence em Itacaré (BA)

campeonatos 578 Dias atrás

João Vitor Chianca (RJ) larga na frente na corrida pelo título 2015.

Surfando muito à vontade nas ondas da Praia da Tiririca (BA) o atleta do estado do Rio de Janeiro e estreante no Tour, João Vitor Chianca, sagrou-se campeão, neste domingo, 27, da etapa de abertura do Pena Little Monster, maior projeto direcionado para a nova geração do surf nacional, que, nesta etapa, premiou com 20 mil reais os meninos e 5 mil as meninas.

Estou amarradão! Só tenho a agradecer ao meu pai, pois quando falei sobre o Circuito ele me incentivou a vir, confiou no meu potencial e me ajudou a estar aqui”, disse o campeão.

João fez uma excelente campanha desde o início da prova, venceu todos os confrontos, exceto no terceiro round. Na final, que foi muito disputa entre ele e Davi Sepulveda, monstrinho baiano que também venceu quase todos os embates, abriu com uma bela onda que lhe rendeu 8 pontos e seguiu administrando a vantagem que a primeira onda havia lhe proporcionado. Davi tentou a virada até os minutos finais, mas não conseguiu abrir vantagem e subiu ao pódio como vice-campeão em Itacaré.

Vencer é sempre muito bom, é sensacional! Fico feliz porque meu empenho vem me trazendo bons resultados. É a primeira vez que venho ao nordeste e gostei muito daqui, peguei altas ondas, vou levar na bagagem, além do título, ótimas recordações”, completou João Vitor, atleta de 15 anos, local de Saquarema, que embolsou a quantia de 10 mil reais.

E o dia era mesmo dos visitantes, a catarinense Marina Resende não se intimidou diante do ataque baiano de Ingrid Topolanski (2°) e Daniele Albuquerque (3°)e festejou a vitória na categoria feminino. Yanca Costa, que havia anotado a melhor média da fase inicial, não encontrou boas ondas e ficou com a quarta posição.

Guilherme Lemos (CE) e Yure Barros (PB) comemoram a vitória entre os mascotes do Tour. Em duas finais espetaculares, o cearense, na sub 08, e o paraibano, na sub 10, mostraram que, além ter muito talento, estão sendo cuidadosamente preparados e já começam a trilhar caminhos promissores no universo das competições.

Guilherme e Yure pegaram as melhores ondas de suas baterias e permaneceram como líderes isolados. O “Super Gui” surfou ondas que lhe rederam 6.90 e impressionantes 9,50 exibindo manobras precisas, fazendo a conexão perfeita e cravando as quilhas na areia. Assim como Yure, que na sub 10 anotou 8.25 e 6.90 mostrando muita radicalidade, equilíbrio e controle sobre sua prancha.

Quero agradecer aos que torcem por mim e me apóiam, e quero parabenizar a todos que estavam na bateria, eles surfaram muito. Mas, Graças a Deus, eu consegui surfar bem aquela onda e fazer o 9,50, três juízes me deram 10... risos... Surfar é o que mais gosto de fazer, estou muito feliz”, disse Guilherme.

Thomas Carvalho (RN) sagrou-se campeão na sub 14 após virar em cima do catarinense Wallace Vasco que vinha com a mão no troféu até os minutos finais. O potiguar fez a leitura certa da última onda e caprichou na manobras que lhe renderam 9.50 e o título da etapa inaugural do Pena Little Monster 2015.

Estou muito feliz! A bateria foi difícil, fiquei bastante tempo esperando uma onda boa, ela veio e, graças a Deus, consegui fazer uma nota excelente para levar a vitória para o Rio Grande do Norte”, disse Thomas.

Na sub 12 o monstrinho da vez foi o cearense Cauã Costa que começou o circuito de seu patrocinador com o pé direito e deixou Hawaii Chan com o segundo posto. Na sub 16 Victor Costa (RN) festejou a vitória e Dayvison Santos (PE) foi vice.

Para Amélio Júnior, da Top 16 Promoções, as expectativas foram superadas.

Tivemos um número recorde de inscritos na pro junior, foram 48 atletas, e ainda tivemos alternates. É importante destacar que todas as finais contaram com atletas de diferentes estados do Brasil, e a procura por parte de competidores do sul, principalmente vindos do Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina aumenta cada vez mais. Essa semana já vamos nos reunir com a equipe de marketing da Pena para definir, o mais rápido possível, local e data da próxima etapa”, falou Amélio

“Agradeço a Pena, patrocinador master, e aos apoiadores locais Prefeitura Municipal de Itacaré, Hotel Vila Ecoporan, Associação de Surf de Itacaré, foi fenomenal a receptividade dessa associação que é muito ativa, a Federação Baiana de Surf e a Top 16 Promoções”, concluiu.

A Marca Pena e Projeto Pena Little Monster

A Pena é uma empresa jovem que há 29 anos vem fazendo do surf sua filosofia e, de seus produtos, acessórios para quem ama as ondas e acredita na liberdade de espírito. Sua maior estratégia está focada nas pessoas e na construção de relacionamentos longos, saudáveis e de crescimento mútuo.

Sempre investiu em ações de valorização ao esporte e às categorias de base, e se o objetivo de uma competição é fomentar o crescimento do esporte e criar novos ídolos, a meta do Pena Little Monster vem sendo alcançada. A cobiçada premiação que a Marca oferece e a ampla visibilidade do Circuito em toda a mídia nacional tornou-se a maior vitrine do surf competição no Brasil.

O #PenaLittleMonster conta com o patrocínio e idealização da PENA, apoio da Prefeitura Municipal de Itacaré, Hotel Vila EcoPoran e Nininho Rent a Car. A realização fica por conta da TOP 16 Promoções em parceria com a Associação de Surf de Itacaré.

Resultados:

Sub 08

1 ° - Guilherme Lemos (CE)

2° - Victor Santos (RN)

3° - Murilo Coura (RJ)

4° - Marcos Pedersen (CE)

Sub 10

1 ° - Yure Barros (PB)

2° - Alisson Nascimento (RN)

3° - Lucas Bonfim (CE)

4° - Guilherme Lemos (CE)

Sub 12

1 ° - Cauã Costa (CE)

2° - Hawaii Chan (BA)

3° - Gabriel de Souza (SP)

4° - Kaike Araújo (BA)

Sub 14

1 ° - Thomas Carvalho (RN)

2° - Wallace Vasco (SC)

3° - Wellington Reis(AL)

4° - Daniel Templar (RJ)

Sub 16

1 ° - Victor Costa (RN)

2° - Dayvison Santos (PE)

3° - Namor Cayres (BA)

4° - Taiwan Chan (BA)

Feminino

1 ° - Marina Resende (SC)

2° - Ingrid Topolanski (BA)

3° - Daniele Albuquerque(BA)

4° - Yanca Costa (CE)

Pro Jr.

1 ° - João Chianca (RJ)

2° - Davi Sepulveda (BA)

3° - Ivan Silva(PE)

3° - Nathan Kawani (SP)

Comente

Continue conectado